Assista ao Vídeo Manifesto dos Indigos - Os Visionários do Caminho





Vídeo Institucional da Escola de Criatividade do Instituto
Mensageiros do Amanhecer






Uma aula numa Oficina da ESCOLA DE CRIATIVIDADE da Casa Índigo

terça-feira, 11 de abril de 2017

Mensagem dos Pleiadianos: CASA ÍNDIGO (uma casa da luz)





Mensagem transmitida pelo irmão Pleiadiano Eridan,
ao Ibiatan Upadian na madrugada de 16/02/2017
e retificada na madrugada de 17/03/2017 pelo próprio irmão Eridan em razão de imperfeições resultantes de ruídos na comunicação.



"Amados Irmãos, saudações da luz em todas as frequências!

É com muito amor e carinho que estamos aqui para trazer-lhes algumas palavras de balizamento e direcionamento para o trabalho que está sendo feito e que deverá se realizar de agora por diante nas unidades do Instituto Mensageiros do Amanhecer, tanto para as unidades urbanas, que são as Casas Índigo, como para as futuras unidades rurais, que serão as Comunidades Auto-sustentáveis.

A espiritualidade e principalmente o Comando Estelar do Planeta Terra está abrindo caminho e criando novas oportunidades para que o projeto da instituição se realize porque ele é importante dentro do momento atual do plano divino para a humanidade e para o planeta, principalmente para as novas crianças que estão chegando, as crianças índigo.

Assim, todos aqueles que de alguma forma puderem contribuir com este projeto serão muito bem vindos, sejam como associados, voluntários ou colaboradores. Os voluntários que puderem somar com este trabalho estarão prestando um grande serviço às forças divinas, principalmente aqueles que vierem para residir no local e assim integrar a grande família pleiadiana encarnada que ali busca se reunir para conviver em harmonia e desenvolver este projeto da luz.

O lugar deverá ser sempre um lugar de celebração das forças da luz e da natureza e de muita fraternidade e confraternização, onde os hospedes, visitantes, trabalhadores e residentes serão sempre bem vindos e terão a oportunidade de usufruir da alegria e da amorosidade pleiadiana.

Contudo, há que se entender que as unidades da instituição não se destinam a servir pura e simplesmente como apenas mais um local de moradia ou de trabalho, da simples execução de projetos ou da difusão teórica dos novos ensinamentos que estamos a lhes trazer.

Estes locais devem efetivamente servir a luz, como verdadeiros monastérios da  luz, ou seja, como locais de estudos, pesquisas, meditação, conexão, harmonização, aperfeiçoamento interior e de práticas e vivências diárias do amor e dos ensinamentos pleiadianos, rigorosamente focados nos objetivos espirituais da instituição.

Nas comunidades que vem se formando nesta fase do despertar da consciência da humanidade o maior obstáculo ao sucesso destes empreendimentos tem sido o ego de cada trabalhador da luz que deles participam. Todos sempre voltados para si mesmo e se colocando em primeiro lugar e acima de tudo, até nas menores coisas do dia a dia, disputando o melhor espaço, a melhor cama, a melhor tarefa, sempre preocupados em não serem passados para trás, em estarem sempre no comando e no controle da situação, em serem os mais espertos e se colocarem sempre em evidência com o menor esforço.

A imensa insegurança do ser humano aguça o ego e faz com que a maioria se  esqueça da fraternidade, colaboração, solidariedade, companheirismo, amorosidade, harmonia, amor incondicional e passe a viver em função da energia da disputa, da competição, da separação e do conflito por pequenas coisas e os projetos acabam por perder o foco e se desintegrar.

Por isso, nestas unidades, através de atividades diárias, seus membros são convidados e devem aproveitar cada momento para vivenciar os ensinamentos e buscar o seu auto aperfeiçoamento através da meditação, da disciplina, da doação de serviços, da harmonização e da conexão através do silêncio interior, buscando sempre a sua própria verdade através de posturas e condutas práticas que sejam coerentes e alinhadas com os ensinamentos que transmitimos.

Em razão do estágio de desenvolvimento do nível de consciência da humanidade as normas de convivência infelizmente ainda são necessárias e muitos poderão até achar que isto é uma disciplina muito dura e dizer que a instituição está impondo às pessoas normas e formas de condutas muito rigorosas. Mas não é esta a intenção, o objetivo é que todos estejam conscientes que trabalhar e viver num destes locais é uma opção facultativa e pessoal oferecida apenas a seres que buscam em seu interior de forma séria e sincera o caminho para a evolução e o desenvolvimento da sua auto-mestria. As normas são necessárias onde não há consciência. Onde existe consciência, como em civilizações mais avançadas, as normas e leis não existem, pois não são necessárias. A liberdade vem com a consciência e a conduta amorosa e respeitosa.

Assim, é preciso que todos os que desejarem trabalhar neste projeto e residir neste local, entendam que esta não é uma possibilidade aberta a toda e qualquer pessoa curiosa que assim o desejar e sim à aqueles que já estiverem verdadeiramente comprometidos com os estudos e práticas dos ensinamentos pleiadianos, afinados com os princípios e filosofia da instituição, abertos aos novos ensinamentos e desnudos de qualquer crença religiosa, política ou filosófica.

As vagas são limitadas e todos os interessados necessitarão passar por um filtro, por um processo de avaliação espiritual. Alguns poderão, de momento, não receber a oportunidade de participar por ainda não estarem prontos, mas não deverão se deixar abater por isto, tudo acontecerá no tempo certo.

Quanto aos que vierem a ter a oportunidade de participar deste projeto é importante que tenham sempre em mente no seu dia a dia, que não estarão simplesmente trabalhando para uma Instituição ou para quem a comanda e sim estarão trabalhando para a luz e como trabalhadores da luz, que são, devem sempre executar o seu trabalho com muito amor, dedicação e inspiração.

Estaremos aqui, atentos o tempo todo, supervisionando a execução do projeto, inspirando, estimulando e envolvendo a todos com a luz divina e procurando cumprir com a vontade de nosso(a) Pai/Mãe Criador(a) Primordial.

Fiquem na luz e na paz da Fonte que tudo é.
Nós amamos a todos vocês.


Os Pleiadianos"