Assista ao Vídeo Manifesto dos Indigos - Os Visionários do Caminho





Vídeo Institucional da Escola de Criatividade do Instituto
Mensageiros do Amanhecer






Uma aula numa Oficina da ESCOLA DE CRIATIVIDADE da Casa Índigo

sábado, 25 de outubro de 2014

ESCOLA DE CRIATIVIDADE - Descrição Técnica do Projeto




Escola de Criatividade - Casa Índigo de São José do Rio Preto





1 – TÍTULO DO PROJETO
         
Escola de Criatividade


2 – IDENTIFICAÇÃO TÉCNICA

2.1 – Coordenadora Geral e Técnica:
Anália Fernandes da Rocha (Diretora da Escola) – Pedagoga, Terapeuta e Técnica em Acupuntura;

2.2 – Parcerias:
Ainda em processo de captação junto a empresas e instituições públicas e privadas;

2.3 – Responsável pela elaboração do Projeto:
Ibiatan Upadian e Anália Fernandes da Rocha;

2.4 – Local da Execução do Projeto:
A Escola de Criatividade funciona na Casa Índigo de São José do Rio Preto/SP, localizada à Rua Santos Dumont, 36, Vila Ercília, São José do Rio Preto/SP;

2.5 – Instituição Mantenedora:
Instituto Mensageiros do Amanhecer, CNPJ 17.526.993/0001-32, Inscrição Estadual Isento e Inscrição Municipal 3.197.470, sediado à Rua Santos Dumont, 36, na Vila Ercília, em São José do Rio Preto/SP,
Conta Bancária no Banco do Brasil S/A, agência 0057-4, conta corrente 69.429-0; 

2.6 – Subordinação Administrativa:
Coordenação Geral de Núcleos e Projetos do Instituto Mensageiros do Amanhecer;

2.7 – Estrutura Física:
Sala de Secretaria e Recepção: 1
Sala de Administração: 1
Cozinha: 1
Área de Serviços: 1
Sala de Atendimento Médico, Terapêutico e Psicológico: 1
Biblioteca: 1
Oficinas: 8
Banheiro Masculino c/ Acessibilidade: 1
Banheiro Feminino c/ Acessibilidade: 1
Banheiro da Administração: 1
Banheiro para Sala de Atendimento Terapêutico: 1
Depósito: 1

2.8 – Mão de Obra Necessária e Carga Horária Semanal:
A previsão é que o projeto seja executado com mão de obra contratada e voluntária. Relaciona-se abaixo o quantitativo mínimo necessário para a sua execução:
         2.8.1: Equipe Pedagógica e Carga Horária Semanal:
Diretora (Pedagoga): 1 (40 horas)
Auxiliar de Direção: 1 (40 Horas)
Coordenadora Pedagógica: 1 (40 horas)
Auxiliar de Coordenação Pedagógica: 1 (40 horas)
Monitor de Oficina: 8 (40 horas)
Monitor de Oficina Assistente: 8 (40 horas)
Psicopedagogo: 1 (20 horas)
2.8.2: Equipe de Apoio e Carga Horária Semanal:
Secretária: 1 (40 horas)
Auxiliar Administrativo: 1 (40 horas)
Monitor Volante: 2 (40 horas)
Serviços Gerais: 2 (40 horas)
2.8.3: Equipe Médico, Terapêutica e Psicológica e Carga Horária:
         Psicólogo: 2 (20 horas)
         Médico (Homeopata e Ortomolecular): 2 (5 horas)
         Psicoterapeuta / Terapeuta Holístico: 4 (10 horas)
Fonoaudiólogo: 1 (5 horas)
        
OBS.: Os Monitores de Oficina não necessitam de ter formação pedagógica, embora essa seja a preferência, contudo deverão possuir obrigatoriamente um amplo conhecimento prático e teórico na área de atividades da oficina em que vão atuar.

2.9 – Treinamento e Capacitação de Pessoal:
Os Monitores de Oficina, assim como os demais colaboradores da Escola de Criatividade, voluntários ou remunerados, passarão obrigatoriamente por um treinamento geral e capacitação em Educação Holística efetuados pela própria instituição.

2.10 – Horário de Funcionamento:
De segunda à sexta-feira das 08h. às 12h. e das 14h às 17h.

2.11 – Sistema Pedagógico:
Educação Holística - Pedagogia 3000.

2.12 – Público Alvo:
O projeto destina-se a atender exclusivamente crianças e jovens superdotadas ou portadoras de altas habilidades de 07 a 14 anos que estejam cursando o Ensino Fundamental.

2.13 – Capacidade:
Até 50 educandos em cada período, manhã e tarde.

2.14 – Requisito:
Para tornar-se um educando da Escola de Criatividade as crianças e jovens necessitarão de passar por uma entrevista de avaliação com o objetivo de verificar se têm o perfil para o projeto.

2.15 – Assistência Psicológica, Médica e Terapêutica Holística:
Assistência aos educandos na área da saúde holística através da Medicina Homeopática e Ortomolecular, da Psicologia e das Terapias Alternativas ou Complementares (acupuntura, reflexologia, massoterapia, reiki, fitoterapia, florais, cristalocupuntura, cromoterapia, cura quântica, etc.) e de outros profissionais da área de saúde, como fonoaudiólogos, psicoterapeutas, psicopedagogos, etc. que trabalhem dentro de uma visão holística.


2.16 – Endereço Eletrônico e Páginas na Internet:

2.17 – Slogan:
“ESCOLA DE CRIATIVIDADE – Uma fábrica de sonhos... um lugar para se inventar coisas.


3 – JUSTIFICATIVA

O ensino regular das escolas atuais é direcionado apenas para o educando médio e abaixo da média, deixando de atender as necessidades de um educando superdotado e com altas habilidades.

Diante disto o Ministério da Educação, através de seu projeto de inclusão social de crianças especiais na educação e da política nacional para a educação de superdotados estabeleceu a orientação para que as crianças fossem incluídas em classes de ensino regular, juntamente com outras crianças, mas que as escolas disponibilizassem para as crianças superdotadas, em horários diversos aos de aula do ensino regular, classes especiais de suplementação educacional com atividades específicas para o desenvolvimento das capacidades destas crianças. Editou até uma cartilha que foi distribuída para as escolas, orientando para que estas crianças fossem identificadas e encaminhadas para avaliação nos NAAH/S, Núcleos de Apoio às Altas Habilidades/Superdotação, órgãos regionais criados pelo MEC.

Entretanto, por falta de uma regulamentação dos estados, as escolas não seguem esta orientação, mesmo porque não dispõem de estrutura física, nem profissionais capacitados para tal.

A quase totalidade das escolas hoje seguem um ultrapassado sistema pedagógico cartesiano, teórico e compartimentado, ou seja que vai do particular para o todo, trabalhando apenas com o desenvolvimento das disciplinas acadêmicas, sem oficinas que promovam o desenvolvimento da criatividade, principalmente na área das artes e sem aplicar as técnicas de enriquecimento escolar sugeridas pelo MEC.

Assim, elas acabam por reconhecer e valorizar apenas as poucas crianças superdotadas que conseguem notas altas, no geral muito mais em função de suas altas capacidades analíticas e de memorização, como as que são portadoras de memória fotográfica, do que propriamente de suas altas capacidades criativas e de encontrar soluções para os problemas da vida prática.

Contudo é preciso esclarecer que não existe um só tipo de superdotação, segundo Renzulli "há dois tipos de superdotação: a superdotação escolar ou acadêmica e a superdotação produtivo-criativa”.

A superdotação escolar ou acadêmica é o tipo mais facilmente percebido e reconhecido pelas escolas no dia a dia, principalmente pelas altas notas que estas crianças obtêm em disciplinas acadêmicas básicas como português, matemática, ciências, etc.

Já a superdotação produtivo-criativa, mais difícil de ser avaliada, geralmente também não é reconhecida como tal pelas escolas e estas crianças acabam se destacando de uma forma negativa por não terem normalmente boas notas e por serem mais questionadoras, extremamente imaginativas, inventivas e dispersivas, quando a tarefa não lhes interessa. Elas não apreciam a rotina e têm formas originais de abordar e resolver problemas. Usam mais o pensamento divergente e tudo isso dificulta sua adaptação em sala de aula, levando as escolas a considerarem-nas na maioria das vezes como crianças com deficiências, distúrbios e síndromes diversas, sendo as mais comuns a hiperatividade, o déficit de atenção e a Síndrome do Desafiador/Opositor.

Alto nível de energia, dificuldade de concentração, dificuldade de seguir regras, isolamento social, dificuldade em fazer amigos e dificuldade em aceitar a autoridade são algumas características semelhantes a distúrbios de aprendizagem, que uma criança com altas habilidades pode apresentar.

Por isso essas crianças muitas vezes são confundidas e até erroneamente diagnosticadas como sendo portadoras de dificuldades de aprendizagem como ADD – Distúrbios de Déficit de Atenção ou TDAH – Distúrbios de Déficit de Atenção e Hiperatividade, Dislexia, Autismo, Síndrome de Asperger, Síndrome do Desafiador/Opositor e outras disfunções similares e em consequência disso, consideradas pelas escolas hoje como “crianças problemas” e obrigadas a tomar, em sua maioria desnecessariamente, medicamentos tarja preta, como ritalina e outros.

Contudo o problema maior não esta nelas e sim no sistema educacional vigente que não esta preparado para elas, visto que, segundo Jacques Delors "os problemas de aprendizagem na verdade não são problemas da aprendizagem mas sim dos métodos de ensinamentos utilizados".

Assim, as crianças superdotadas em geral e principalmente as do tipo criativo-produtivo necessitam de um sistema educacional prático e criativo que as conduzam a ter uma visão que vai do todo para o particular, ensinando-as a pensar, a pesquisar, a criar e encontrar soluções próprias para os problemas, com autonomia, independência, auto-suficiência e responsabilidade, como é o caso da Educação Holística, ou mais especificamente da Pedagogia 3000.

Por isso foi criada a Escola de Criatividade que oferece uma suplementação educacional a essas crianças como uma oportunidade para elas desenvolverem a sua criatividade e através dela descobrirem e desenvolverem as suas potencialidades e altas habilidades.


4 – OBJETIVO GERAL

Promover a descoberta e o desenvolvimento das altas habilidades nas crianças e jovens superdotados através do desenvolvimento da criatividade.  


5 – OBJETIVOS ESPECÍFICOS


·        estimular o desenvolvimento da criatividade, da imaginação e da inventividade;
·        estimular a descoberta e o desenvolvimento de novas habilidades;
·        ajudar a criança ou jovem a se conhecer melhor e descobrir os seus potenciais;
·        incentivar a pesquisa e a busca autônoma de soluções para os seus próprios problemas;
·        proporcionar o aprendizado do trabalho em equipe e o trabalho solidário;
·        estimular a valorização pessoal e social através do trabalho;
·        tornar a criança ou jovem um ser consciente e responsável;
·        desenvolver a autonomia, a autoestima, a autoconfiança e a autoiniciativa do educando;
·        promover o desenvolvimento da criatividade e o equilíbrio físico, energético e psicológico destas crianças através da Medicina Holística (Medicinas Homeopática e Ortomolecular,  Psicologia e Terapias Holísticas) de forma a não necessitarem de fazer o uso de medicamentos alopáticos tarja preta, como ritalina e outros;
·        possibilitar o desenvolvimento destas crianças dentro de uma concepção holística, ou seja, promover o desenvolvimento integral do ser (corpo + mente + espírito em perfeita harmonia e integração com a natureza).


6 – METODOLOGIA
    
A Escola de Criatividade oferece uma Suplementação Educacional que se faz através de oficinas de artes e oficinas técnicas, com o objetivo de ajudar as crianças a desenvolverem, de uma forma lúdica e prazerosa, a sua criatividade e através dela descobrirem e desenvolverem as suas potencialidades e suas altas habilidades.

Na Escola de Criatividade todas as oficinas funcionam diariamente em período integral. Durante o seu horário de atividades o educando pode participar da oficina que preferir e desenvolver o projeto que quiser, com total liberdade para entrar e sair de qualquer oficina no momento que assim o desejar.

A criação será sempre livre e a critério do educando. Durante todo o desenvolvimento do projeto escolhido pelo educando ele será sempre acompanhado, orientado e estimulado pela equipe pedagógica, respeitando-se sempre a sua individualidade e singularidade.

Assim, a função do Monitor de Oficina não é exatamente a de controlar e ensinar o educando a copiar, a reproduzir o que já existe, dentro de uma forma didática convencional, mas usando de uma forma lúdica, conduzi-lo a pesquisar e buscar o conhecimento das técnicas existentes e de como utilizar os materiais e estimulá-lo a criar, a inovar, a sair do convencional e do lugar comum, utilizando a técnica e o material que assim o desejar.

A Escola funciona em duas turmas de até 50 alunos cada uma, das 08:00 às 11:30hs. e das 14:00 às 17:30hs e tem como base pedagógica a Educação Holística e mais precisamente a Pedagogia 3000, a mais nova, moderna e completa vertente da Educação Holística, acrescida de elementos de outras pedagogias libertadoras.

Assistência Psicológica, Médica e Terapêutica Holística 

A Escola de Criatividade oferece ainda Assistência Psicossocial, Médica e Terapêutica Holística para as crianças e jovens educandos da instituição, promovendo o equilíbrio físico, energético e psicológico destes através das Medicinas Homeopática e Ortomolecular, da Psicologia e das Terapias Holísticas Alternativas ou Complementares (acupuntura, reflexologia, massoterapia, reiki, fitoterapia, florais, cristalocupuntura, cromoterapia, cura quântica, etc.) e de outros profissionais da área de saúde, como fonoaudiólogos, psicoterapeutas, psicopedagogos, etc. que trabalhem dentro de uma visão holística, de forma que o educando não necessite mais fazer o uso de medicamentos alopáticos tarja preta, como ritalina e outros.

Oficinas que compõem a Escola de Criatividade

01. Música, Canto e Construção de Instrumentos Musicais;
02. Pintura, Desenho e Histórias em Quadrinhos;
03. Escultura, Modelagem e Cerâmica;
04. Dança Livre e Laboratório do Corpo;
05. Artesanato e Objetos de Decoração (usando principalmente bambu e material reciclável);
06. Literatura, Poesia, Comunicações e Jornalzinho da Escola;
07. Artes Cênicas e Contação de Histórias (utilizando fábulas com conteúdo moral para a educação de valores);
08. Studio de Rádio, TV, Vídeo e Foto;
09. Serigrafia e Arte Urbana ou Street Design (Graffiti, Estampas de Camisetas, etc.);
10. Informática, webdesigner, computação gráfica e outros do gênero;
11. Horta e Agricultura Orgânica (produção de verduras, legumes, temperos e ervas medicinais);
12. Produção de Ervas Medicinais Desidratadas (p/ comercialização);
13. Desenvolvimento Sócio-emocional;
14. Esporte Cooperativo e Solidário;
15. Capoeira e Artes Marciais;
16. Tai Chi Chuan e Lian Gong (ou Lian Kun);
17. Yoga e Meditações.


7 – CRONOGRAMA DO PROJETO

19/01/2013 – fundação do Instituto Mensageiros do Amanhecer;
18/01/2014 – inauguração da Casa Índigo de São José do Rio Preto;
01/02/2014 – início do processo de avaliação das crianças com altas habilidades p/ a Escola de Criatividade;
01/05/2014 – início das matrículas para a Escola de Criatividade;
12/05/2014 – início das aulas provisórias da Escola de Criatividade, utilizando-se de voluntários como Monitores de Oficina;
01/08/2014 – suspensão das aulas da Escola de Criatividade por falta de Monitores de Oficina voluntários e início da busca de parcerias e captação de recursos para a contratação de Monitores de Oficina;
06/09/2014 – realização de evento beneficente como tentativa de arrecadação de fundos para contratação de Monitores;
16/10/2014 – contratação de assessoria para obtenção de recursos provenientes de incentivos fiscais e outros meios previstos em lei;
18/10/2014 – conclusão de vídeo institucional de apresentação da Escola de Criatividade para a captação de parcerias;
10/11/2014 – previsão do reinício das aulas pontuais apenas para os dias e horários em que houver a disponibilidade de mão de obra voluntária;
20/11/2014 – início do processo de divulgação do projeto e contatos na busca de parcerias;
01/02/2015 – previsão de reinício das aulas regulares da Escola de Criatividade com mão de obra contratada.

OBS.: Apesar do projeto ainda não estar totalmente implantado, a Escola de Criatividade depois de ter tido a sua aula inaugural em 12/05/2014, começou a funcionar provisoriamente, em caráter experimental, utilizando-se apenas da mão de obra de alguns voluntários.
Embora tenha funcionado de forma provisória por 2 meses e meio, conseguiu um excelente resultado, conforme avaliação dos próprios pais. Contudo, após este período, ou seja no final de julho/2014, teve que suspender as aulas devido a falta de voluntários para a função de Monitores de Oficina.
A experiência foi válida e muito importante, contudo mostrou que a realização do projeto só poderá se tornar viável se for utilizada mão de obra contratada para a função de Monitor de Oficina.
Assim, a partir daí a instituição passou a se estruturar e buscar fontes de recursos e parcerias que viabilizem a contratação de pessoal o que deverá ocorrer possivelmente até o início de fevereiro de 2015, quando então poderão ser reiniciadas as aulas da Escola de Criatividade em caráter definitivo.
Enquanto isso a instituição pretende retomar a partir de novembro/2014 as aulas provisórias, apenas para os dias e horários em que tiver a disponibilidade de mão de obra voluntária.
Mesmo após ter os Monitores de Oficina contratados a instituição pretende continuar a utilizar a mão de obra dos voluntários interessados, principalmente para a função de Monitor de Oficina Assistente.


8 – ORÇAMENTO TOTAL PARA IMPLANTAÇÃO DO PROJETO

A previsão de orçamento total para a implantação do projeto é de R$ 140.000,00.
Deste valor até esta data (31/10/2014) já foram investidos R$ 100.000,00 (sendo R$ 80.000,00 em móveis, utensílios e equipamentos e 20.000,00 na adaptação das instalações).
Necessitará ainda o projeto, para sua conclusão e completa implantação, do investimento no valor de R$ 40.000,00 para a aquisição de materiais e serviços, abaixo relacionados:
·        implantação do sistema de Circuito Fechado de TV;
·        aquisição de um novo servidor e implantação da 2ª etapa da rede local de informática;
·        aquisição de mais instrumentos musicais;
·        aquisição das duas bancadas laterais para oficina de informática;
·        colocação de linólio (manta de borracha) no piso da oficina de danças;
·        implantação da estação de compostagem para o processamento do lixo orgânico;
·        aquisição de caixas de madeira para canteiros suspensos na oficina de horta orgânica;
·        colocação de toldos retráteis e persianas nas oficinas de pintura e modelagem;
·        aquisição de kit de projeção de multimídia;
·        implantação de sistema de som ambiente em toda a escola;
·        aquisição de torno para oficina de cerâmica;
·        aquisição de equipamento de cromoterapia para sala de atendimento terapêutico;
·        colocação de ventiladores de parede nas oficinas de pintura e de modelagem;
·        aquisição de câmera de vídeo para filmagens de eventos;
·        ampliação da rede de telefonia;
·        aquisição de programas pedagógicos p/ computadores da oficina de informática;
·        aquisição de tatames para oficinas de yoga e meditação e capoeira e artes marciais;
·        aquisição de materiais pedagógicos e de escritório;
·        preparação e produção de material de divulgação.


9 – PREVISÃO PARA A MANUTENÇÃO MENSAL

R$ 50.000,00 – no total, sendo:
R$ 5.000,00 – aluguel, água, energia, fone, internet, lanche das crianças, material didático, etc.
R$ 45.000,00 – salários, encargos e benefícios trabalhistas.


10 – FONTES PARA A OBTENÇÃO DE RECURSOS PARA INVESTIMENTOS E COBERTURA DE DESPESAS

·        incentivos fiscais obtidos;
·        doações de pessoas físicas e jurídicas;
·        contratos de parcerias e convênios com empresas e instituições públicas e privadas;
·        eventos beneficentes realizados pela instituição;
·        receitas de comércio de produtos e serviços (cursos, artesanatos, etc.)


11 – LINK PARA A INSCRIÇÃO DOS INTERESSADOS EM PARTICIPAR DO PROJETO (VOLUNTÁRIOS OU REMUNERADOS)

Pessoas interessadas em participar do projeto da Escola de Criatividade, como voluntários ou remunerados, podem através do link abaixo se inscrever preenchendo um formulário on-line.